Os Onze Estágios do Burnout

,
palavra burnout em chamas

Você já ouviu falar de burnout? Conhece alguém que já passou por um burnout? Quer saber o que é?

Se você anda se sentindo constantemente esgotado, muito cuidado, você pode estar sofrendo um burnout.

Mas afinal de contas, o que é Burnout?

Burnout “é um estado de esgotamento físico e mental cuja causa está intimamente ligada à vida profissional”, Herbert J. Freudenberger.

E o mais perigoso: o burnout começa e avança silenciosamente.

Conheça seus onze estágios!

1º Primeiro começa com um imediatismo constante, uma necessidade de fazer tudo sozinho e pra ontem. Não importa a hora do dia, não importa o dia da semana.

2º Como consequência do primeiro estágio, acaba acontecendo um descaso com outras necessidades. Por exemplo, comer (principalmente comida de verdade) e dormir passam a serem coisas secundárias (“outra hora eu como”, “depois eu durmo”)

Se o básico como dormir e comer está sendo posto de lado, atividades sociais então, nem se fala. Encontrar amigos perde totalmente o sentido (“com tanta coisa pra fazer?!”)

3º Você pode até perceber que não está bem, que algo está errado. Mas se convence de que “é só uma fase” e que “daqui a pouco vai passar”.

Dores de cabeça passam então a ser constantes. Assim como a sensação de falta de ar, a dor de estômago, azia, queimação. Até tremores, taquicardia e tontura você passa a ter ocasionalmente.

4º Você começa a se isolar das pessoas (“Ninguém me entende mesmo”) e coisas que antes eram muito importantes, como amigos, família, casa, lazer, perdem completamente a graça. O trabalho é o único lugar onde você “se encontra”.

5º Sarcasmo e agressividade passam a ser comportamentos cada vez mais comuns (“não tenho mais paciência com gente incompetente!”).

6º Você passa a ter cada vez menos vontade de ter contato com outras pessoas, fica avesso à reuniões. Melhor evitar conversas e tratar tudo por e-mail e Whatsapp.

7º A tolerância com as outras pessoas fica cada vez menor, ao ponto de nem aceitar mais brincadeiras. Consequentemente acabou-se de vez o bom humor e muitas vezes o bom senso.

8º Você não se sente mais você mesmo. E não tem a menor ideia do que aconteceu, de onde se perdeu de você mesmo.

9º Uma sensação de que tudo está muito difícil, muito complicado, muito desgastante. E ao mesmo tempo uma enorme sensação de vazio toma conta de você.

10º Você está exausto, desesperançoso e indiferente. Não consegue entender o sentido da vida que está levando.

11º O próximo passo é literalmente o colapso físico e mental.

Se você se identificou com o texto acima, muito cuidado! Você pode estar correndo um sério risco de burnout!

Teste agora qual é o seu risco de Burnout!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *